Swiatek afasta maldição da primeira cabeça-de-série que durava desde Serena

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 8, 2022
swiatek

Iga Swiatek é a número um do Mundo por larga margem e, por isso, primeira cabeça-de-série do US Open. Não pode ser visto como uma surpresa o facto de a polaca estar nas meias-finais em Nova Iorque — algo que nunca tinha alcançado na carreira –, mas a verdade é que Iga quebrou uma pequena maldição que assolava a jogadora que ocupava o posto de primeira pré-designada no Grand Slam nova-iorquino.

É que nenhuma primeira cabeça-de-série conseguia chegar às meias-finais do US Open desde Serena Williams, então em 2016. Em 2017, Karolina Pliskova perdeu nos ‘quartos’, enquanto Simona Halep caiu à primeira em 2018. Já em 2019, Naomi Osaka ficou nos ‘oitavos’, em 2020 foi Pliskova de novo, mas na segunda ronda, ao passo que no ano passado Ashleigh Barty foi eliminada na terceira eliminatória.

Swiatek bate Pegula e está nas meias-finais do US Open pela primeira vez

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.