Tiafoe: «Adoro que graças a mim haja muita gente de cor a jogar ténis»

Por Nuno Chaves - Setembro 8, 2022

Frances Tiafoe continua em estado de graça e, esta quarta-feira, qualificou-se para as meias-finais do US Open, o seu melhor resultado de sempre num Grand Slam. O norte-americano eliminou Andrey Rublev, tal como já tinha acontecido no ano passado, ainda que na opinião de Tiafoe, tenham sido encontros totalmente distintos.

NOVA VITÓRIA FRENTE A RUBLEV NO US OPEN

Já joguei com o Andrey em várias ocasiões. Conheço-o desde os juniores, é um grande tipo e desejo-lhe o melhor. Senti-me muito cómodo, mais do que o meu encontro com o Rafa. Com menos pressão tentei fazer o melhor que sei. O encontro do ano passado creio que era diferente. Somos os dois melhores jogadores do que há um ano.

EMOÇÃO, POPULARIDADE E FOME DE VENCER

Cada vez que ganho só quero inspirar um grupo de pessoas para que saibam que tudo é possível. Para mim, fazer isto e falar sobre como me sinto acerca de estar no US Open, é uma loucura. Adoro que graças ao Frances Tiafoe haja muita gente de cor a jogar ténis. Isso é obviamente um objetivo para mim. É por isso que me estou aqui a esforçar. O que vivi hoje emociona-me. Ver as pessoas a gritarem pelo meu nome, simplesmente a amar o que estás a fazer. Isso é genial, não tenho palavras.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.