Ruud revela quem são as referências na terra batida: «Sempre admirei Nadal e Thiem»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Fevereiro 14, 2022
casper-ruud

Casper Ruud voltou a mostrar o porquê de ser considerado um dos melhores jogadores do Mundo em terra batida. O norueguês, número oito do Mundo, brilhou para conquistar o ATP 250 de Buenos Aires, o seu sétimo título da carreira, ao bater Diego Schwartzman na final. Embora não consiga grandes resultados somente no pó de tijolo, Ruud não teve problemas em revelar quais são as suas referências em terra.

“Sempre admirei Nadal e Thiem. São muito bons em terra batida por causa do seu jogo pesado, algo que os faz ganhar muitos encontros. Sempre me fixei no que fazem bem. Zverev também se dá bem em terra ou até Tsitsipas, que não tem um jogo parecido ao de Thiem ou Rafa. Creio que podes jogar muito estilos diferentes em terra. O meu adapta-se bem. Se virmos os meus resultados no último ano, tive várias vitórias que me dão confiança. Espero que continue assim, especialmente nos grandes torneios. Nos Grand Slams ainda não atingi o nível esperado e Roland Garros será sempre um grande objetivo para mim”, confessou.

Questionado sobre o título conquistado em Buenos Aires, Ruud confessou que tem uma carga igualmente especial. “O título deste ano sabe tão bem como o primeiro. É uma grande sensação poder defender o título, algo que não é fácil e que consegui na primeira vez que tentei. Sinto-me muito bem na Argentina, espero voltar aqui muitas vezes”, admitiu.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.