João Sousa sai orgulhoso: «É ótimo ver que com mais idade consigo jogar ainda melhor»

Por Bola Amarela - Maio 26, 2022

João Sousa viu a sua prestação em Roland Garros chegar ao fim na segunda ronda, onde perdeu com Lorenzo Sonego. O número um nacional reconheceu as dificuldades físicas que sentiu, lamentou as oportunidades desperdiçadas no primeiro set e ainda garantiu que agora vai preparar a relva ao máximo para atacar Wimbledon.

ANÁLISE AO ENCONTRO

Faltou claramente físico. A parte física estava bastante debilitada hoje apesra de um primeiro set em que tive as minhas oportunidades. Ele é que foi muito feliz nessas oportunidades que eu tive, demasiado feliz a meu ver. Acho que tive quatro set points, três deles em que… a linha faz parte do jogo. Num segundo serviço, a bola bate na linha e dói um bocado. Mas é mérito dele, foi corajoso e feliz. O ténis é assim. Apesar de um primeiro set melhorzinho em termos físicos, quando as forças faltaram não consegui estar à altura do desafio. O Lorenzo tem nível de jogo e não perdoa. Tentei voltar um bocadinho ao meu jogo, ser agressivo, não consegui. As condições estavam ainda mais pesadas do que na primeira ronda e eu senti muito isso, que a minha bola não andava. Além disso estava cansado e tudo isso fiz com que eu não estivesse tão fresco como gostaria. Fico triste pela derrota porque queria muito ganhar, mas não sou um robô e estou a precisar de descanso para o que se segue.

PRIMEIRO SET DECISIVO

Se o desfecho tivesse sido para mim dava-me mais motivação para continuar e o físico muitas vezes vem associado ao mental. Ia estar por cima e ele um pouco mais por baixo. Pesou na parte mental essa situação, mas estou orgulhoso da minha prestação devido às circunstâncias em que vinha, de fazer uma final em que estive muito perto do título. Não é fácil de lidar e apesar disso acho que estive bem, consegui abstrair-me e adaptar-me o mais rápido possível a este torneio, que era ainda mais importante. Depois de uma primeira ronda em que joguei 4h30, fiz o melhor que tinha para recuperar. Recuperei bastante bem, mas depois o primeiro set muito exigente pesou animicamente bastante.

ASSISTÊNCIA MÉDICA

Tive uma dor no adutor e começou a agravar-se bastante. Agora até estou com dificuldades a andar. Em princípio não é nada, mas tentei melhorar um bocadinho. Ele tentou relaxar um pouco a zona e ficou melhor, mas limitou bastante a minha movimentação.

ÚLTIMAS SEMANAS

Foi bom. Fazer uma final ATP é sempre ótimo. Sempre disse que estava a treinar muito bem e que os torneios não estavam a acompanhar o trabalho que estava a desenvolver. O ténis acaba sempre devolver. Hoje não me deu o primeiro set, mas no futuro vai dar-me noutras ocasiões. Se continuar a trabalhar bem os resultados virão e é esse o sentimento e o que estou disposto a fazer. Essa final em Genebra vem fruto de muito trabalho. Não sei quantos pontos fiz, mas acaba por ser positivo. Hoje o nível não foi tão bom, mas não foi mau.

O QUE SE SEGUE

Agora o objetivo principal é descansar uns dias. O meu corpo e a minha cabeça também. Depois é preparar a série de relva. Vão ser três torneios, com Wimbledon quatro, que vou disputar. O primeiro é já na Holanda, para já estou no qualifying e espero entrar no quadro. É preparar para jogar Wimbledon, o objetivo é mesmo esse. Acho que ainda vai haver muito que falar até lá, mas o foco é esse. Há dois 250 e um 500, importantes para toda a gente, onde há pontos. Vou jogar s-‘Hertongenbosch, Halle e Maiorca.

WIMBLEDON SEM PONTOS

É uma desmotivação para qualquer jogador. Isto é o nosso emprego e jogamos pelo dinheiro, mas os pontos são importantes para escalar e nos mantermos no ranking. Não ter pontos tira importância ao torneio, mesmo sendo Wimbledon, que é um torneio emblemático e talvez o mais importante do Mundo. Mas não me cabe a mim fazer decisões em relação a isso, acho que ainda vai haver muito que falar.

PÚBLICO EM ROLAND GARROS

Hoje foi difícil. Só não gosto quando as pessoas fazem barulhos para incomodar o outro jogador e foi o que aconteceu num dos casos. Ele tinha bastante pessoas a apoiá-lo, mas tentei estar sempre focado no que tinha de fazer. Nem sempre foi fácil, não estava tão bem fisicamente, mas dei o meu melhor e é isso que fica.

OBJETIVOS PARA O RESTO DO ANO

Vocês sabem que eu não costumo falar de rankings, não dou grande importância a isso sinceramente. O objetivo é sempre melhorar. Na semana passada joguei um ténis muito, muito bom, de grande nível. É ótimo ver que com mais idade consigo jogar ainda melhor. Não sei o que o futuro reserva, mas estou motivado, tenho tido resultados perante esse trabalho e isso motiva.

João Sousa não resiste a Sonego e despede-se de Roland Garros de cabeça erguida


Transmissões de todos os jogos de Roland Garros é na betano.pt! Se és fã de ténis e queres acompanhar de perto o maior torneio de ténis francês, clica AQUI. Entra na Missão Roland Garros Betano, aposta e ganha com os teus dotes de adivinhação. Para isso, só tens de fazer uma aposta múltipla (3 ou mais seleções) no torneio, com o valor mínimo de 5€. Caso percas a aposta, recebes 50% do valor apostado até 20€.

Bola Amarela