Um Grand Slam sem Federer, Nadal e Serena? É preciso recuar… 24 anos!

Por Bola Amarela - Agosto 25, 2021

Roger Federer, Rafael Nadal Serena Williams. Três das maiores figuras da história do ténis têm andado de mãos dados ao longo deste milénio, mas as lesões falaram mais alto para o US Open de 2021. Já depois de o suíço e o espanhol colocarem um ponto final nas respetivas temporadas, agora foi a vez de a norte-americana anunciar que não está em condições de competir em Flushing Meadows, criando um cenário raríssimo nesta geração do ténis mundial.

Ora, é preciso recuar 24 anos (!) para encontrar o último torneio do Grand Slam em que nenhum destes três monstros do desporto – que entre si somam 63 troféus em Majors – tenha participado. Em causa está o US Open de 1997, o que leva logo a perceber a magnitude do que vai acontecer em Flushing Meadows. É que, nesse Grand Slam em que nenhum dos três esteve presente, a verdade é que os três eram jovens e nunca tinham jogado Majors sequer.

Serena estreou-se no Australian Open de 1998, Federer teve a sua primeira experiência em Roland Garros de 1999 (jogou o qualifying do Australian Open no mesmo ano), enquanto Nadal só arrancou em Wimbledon em 2003. Vem aí, portanto, um momento histórico… pelos piores motivos.

Mais um nome de luxo que desiste: Serena Williams está fora do US Open

Bola Amarela