Shapovalov dá a receita para bater Nadal: «Tenho de ter paciência e ser muito agressivo»

Por Bola Amarela - Janeiro 23, 2022

Depois de começar o torneio algo tremido, Denis Shapovalov desbloqueou o seu ténis para somar uma impressionante vitória sobre Alexander Zverev em três sets. O canadiano, número 14 do ranking ATP, qualificou-se pela primeira vez na carreira para os quartos-de-final do Australian Open e agora vai medir forças com Rafael Nadal, um homem que ele bateu quando tinha apenas 18 anos, em Montreal.

“Espero uma grande batalha. Nadal faz-te jogar muito porque defende muito bem. É um jogador muito completo e terei que estar no meu melhor se quiser lutar pela vitória. Tenho de ter paciência, lutar em cada ponto e ser muito agressivo. É a única maneira de poder ganhar ao Rafa”reconheceu em conferência de imprensa.

Curiosamente, Shapovalov revelou que está a viver este grande momento depois de ter dúvidas sobre se sequer ia poder competir no Australian Open. “Houve muitas dúvidas sobre se podia ir para a Austrália. Fiz uma quarentena depois de ter contraído Covid-19. Não sabia como me ia sentir fisicamente e nem sabia se podia jogar a ATP Cup. Estou muito contente agora. Com o decorrer dos encontros tenho ficado melhor e posso dizer que estou perto de 100 por cento. Também tenho melhorado em termos de confiança, espero continuar neste caminho”, revelou.

Shapovalov tornou-se no terceiro canadiano a qualificar-se para os quartos-de-final do Australian Open e pode receber a companhia do amigo Felix Auger-Aliassime, que vai defrontar Marin Cilic“O ténis canadiano está de parabéns. Vimos de ganhar a ATP Cup e tanto o Felix como eu estamos a grande nível. Espero que esta boa dinâmica inspire os jovens no meu país a dedicarem-se ao ténis. É muito especial que Aliassime e eu estejamos nas últimas rondas de um Grand Slam. Viver esta experiência com ele é incrível”, destacou.

Bola Amarela