Raducanu sobrevive a sensação de 17 anos, Kontaveit é a quarta top 10 a cair em Roland Garros

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 23, 2022

A primeira de muitas batalhas? Cá estaremos para ver! Emma Raducanu sobreviveu a uma dura batalha com Linda Noskova, jovem sensação de 17 anos que ultrapassou o qualifying e que chegou a liderar com um set e break de vantagem frente à campeã do US Open.

Certo é que, no final de contas, a britânica de 19 anos, número 12 do ranking WTA, descobriu uma forma de resistir ao talento de Noskova, triunfando com os parciais 6-7(4), 7-5 e 6-1, com a checa a acusar o desgaste e a desligar do encontro só mesmo no terceiro parcial. Os 48 winners de Noskova não bastaram para compensar os 54 erros que cometeu, ao passo que Raducanu apresentou um registo mais equilibrado (24-25). Para Raducanu segue-se um duelo com Aliaksandra Sasnovich.

 

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/rolandgarros/status/1528806485190496261

Quem não evitou o adeus prematuro a Roland Garros foi Anett Kontaveit, que se tornou a quarta tenista do top 10 a fazer as malas, depois de Barbora Krejcikova, Ons Jabeur e Garbiñe Muguruza. A 5.ª classificada da hierarquia mundial feminina — virtualmente… a segunda! — não resistiu à australiana Ajla Tomljanovic (42.ª), com os parciais 7-6(5) e 7-5, deixando a metade inferior do quadro cada vez mais aberta.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.