Popyrin: «Roland Garros deveria ser jogado à porta fechada»

Por Tiago Ferraz - Julho 13, 2020
Alexei-Popyrin

O tenista australiano Alexei Popyrin falou após a sua participação no Ultimate Tennis Showdown e defende que o torneio de Roland Garros deve ser jogado à porta fechada.

“A organização de Roland Garros disse que pretende que o torneio se jogue com público nas bancadas, mas com uma afluência menor. Para mim, isto é alarmante. Já vimos nas últimas semanas como existiram casos positivos em tenistas e eu penso que se esta ideia for para a frente a situação vai tornar-se caótica”, disse, citado pelo Punto de Break.

Alexei Popyrin falou ainda do futuro do ténis e não está nada otimista:

“Temos que aprender com os erros cometidos anteriormente. Temos que jogar à porta fechada até que haja uma vacina”, salientou.

Recorde-se que o torneio de Roland Garros foi adiado devido à pandemia de coronavírus e está previsto começar no final de setembro com o quadro principal a começar a 27 desse mês.

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.