Lisboa: semifinalistas femininas são as quatro cabeças-de-série

Por Bola Amarela - Julho 3, 2020
francisca-jorge

As meias-finais femininas da segunda etapa do circuito sénior da Federação Portuguesa de Ténis, em Lisboa, serão jogadas entre as quatro cabeças de série: Francisca Jorge (579.ª do “ranking” mundial), Inês Murta (645.ª), Maria Inês Fonte (912.ª) e Ana Filipa Santos (1141.ª), que em comum têm o facto de já terem representado a seleção nacional na Fed Cup.

Principal candidata à vitória e também ela a atravessar uma série de 10 triunfos (tal como Vale, venceu o Open de Oeiras e depois foi ao Algarve conquistar a primeira etapa do Circuito Sénior FPT), Francisca Jorge derrotou Inês Oliveira pela terceira semana consecutiva, desta vez por 6-3 e 6-1.

“Já sabia ao que vinha e ela também, porque jogámos pela terceira semana consecutiva. Estava preparada mentalmente, taticamente também tinha o plano elaborado e sabia o que tinha de fazer: manter um nível alto, tentar jogar bem e mostrar o meu ténis para ir evoluindo aos poucos. Hoje esteve um dia mais difícil do que em Vale do Lobo, com mais vento, mas soube lidar bem com a situação e acabei por tornar isso numa vantagem e ser superior”, analisou a tenista de 20 anos, que tal como João Sousa e Luís Faria nasceu em Guimarães.

Nas meias-finais, a número um portuguesa e tricampeã nacional terá pela frente outra jogadora que conhece (muito) bem: Maria Inês Fonte, que confirmou o estatuto de terceira pré-designada ao superar a “qualifier” Matilde Morais, com 6-1 e 6-2.

O quadro fica completo com outro duelo entre duas grandes amigas: Inês Murta voltou a arrasar e completou a fase de grupos sem ceder qualquer jogo (depois de derrotar Sara Neto por 6-0 e 6-0 aplicou os mesmos parciais a Débora Madile) e Ana Filipa Santos falou mais alto num duelo entre duas companheiras de treino, ao superar Mariana Campino com 6-4 e 6-3.

Bola Amarela