João e Pedro Sousa estão à porta de Wimbledon mas precisam de desistências até domingo

Por Bola Amarela - Junho 18, 2021
JoãoSousaPedroSousa

Rafael Nadal e David Goffin desistiram esta quinta-feira de Wimbledon, deixando João Sousa e Pedro Sousa, presentes na lista de alternate, mais perto da entrada direta no terceiro Grand Slam da temporada. O vimaranense e o lisboeta são nesta altura o segundo e terceiro suplentes do quadro principal da prova britânica, precisando que então de duas e três desistências, respetivamente, para não terem de passar pela exigente fase de qualificação.

O qualifying arranca na segunda-feira em Roehampton, pelo que é necessário que as desistências surjam nos próximos três dias. João Sousa está nesta altura um lugar atrás de Pedro no ranking ATP (vai voltar a passar para a frente na segunda-feira), mas ainda era ele o número um português quando a lista de Wimbledon saiu, pelo que será sempre ele a entrar primeiro no quadro do All England Club.

Recorde-se que Nick Kyrgios — não joga desde o Australian Open –, é uma desistência quase certa, ao passo que Taylor Fritz, recentemente operado ao joelho, poderá também não recuperar a tempo, mas dificilmente desistirá nos próximos dias.

Bola Amarela