Já não há palavras: Raducanu arrasa Sakkari rumo à final do US Open

Por José Morgado - Setembro 10, 2021
raducanu

Os anos vão passar e a edição de 2021 do US Open vai ser relembrada para sempre. E não é apenas por causa da busca pela história de Novak Djokovic. Horas depois de Leylah Fernandez, de 19 anos, se apurar para a sua primeira final de Grand Slam, Emma Raducanu, uma jovem britânica de apenas 18 anos que passou o qualifying e ocupa o 150.º posto WTA, também carimbou a sua vaga para o encontro de discussão do título do último Major da temporada.

A competir somente no segundo quadro principal de Grand Slam da sua carreira, Raducanu somou a sua nona vitória seguida no US Open sem perder qualquer set, ao despachar a grega Maria Sakkari, número 18 do Mundo, por 6-1 e 6-4, em 1h24, num encontro que dominou do primeiro ao último momento de maneira implacável.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/usopen/status/1436173700194131974

Raducanu vai defrontar Fernandez, na final mais jovem em torneios de Grand Slam… desde o US Open de 1999, quando Serena Williams, de 17 anos, derrotou Martina Hingis, de 18, no encontro do título.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt