Francisca Jorge perde na 1.ª ronda em Santarém; Pedro Araújo também cede, mas em Sintra

Por Tiago Ferraz - Setembro 15, 2020
pedro-araujo

Dia pouco positivo para os portugueses presentes em Santarém, no caso Francisca Jorge, e em Sintra em mais um torneio ITF M15 com Pedro Araújo em evidência, mas também a não conseguir ser feliz.

Pedro Araújo cedeu em três partidas perante o tenista belga Gauthier Onclin pelos parciais de 5-7, 6-3 e 3-6 num encontro muito equilibrado.

A primeira partida ficou marcada por alguns breaks para cada lado, mas o equilíbrio manteve-se o que deixou o parcial empatado a cinco no final do décimo jogo.

O momento decisivo do set surgiu, no 11.º jogo, quando Pedro Araújo perdeu o seu serviço e deixou o adversário a servir para vencer a primeira  partida (7-5).

No segundo set, manteve-se a proximidade entre os tenistas, mas Pedro Aráujo impôs-se com um único break, no quarto jogo (3-1) e a partir daí geriu o parcial para vencer a segunda partida por 6-3.

No terceiro e decisivo set, os dois tenistas venceram todos os seus primeiros três jogos o que deixou tudo igual no marcador (3-3).

O momento que encaminhou o português para a derrota apareceu no oitavo jogo (5-3) com o break sofrido por Pedro Araújo e depois o belga Gauthier Onclin fechou o set e o encontro (6-3).

Na variante de pares deste mesmo torneio nota ainda para o facto de Fred Gil ter regressado aos courts, mas com uma derrota: ao lado de Pedro Araújo, Fred Gil foi derrotado pela dupla norte-americana Emilio Nava e Eduardo Nava.

Quem também não foi feliz, mas em Santarém foi Francisca Jorge. A tetra campeã nacional também foi eliminada, mas no ITF W15 de Santarém depois de ser derrotada pela jovem francesa, de apenas de 16 anos, Oceane Babel pelos parciais de 6-4 e 6-0.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.