Favoritos entram com tudo no primeiro dia da ATP Cup: Espanha, Argentina e Polónia sorriem

Por Bola Amarela - Janeiro 1, 2022

Enquanto o mundo celebrava a entrada em 2022, a ATP Cup deu o pontapé de saída na temporada de ténis. A primeira jornada do torneio de seleções ficou marcado pelos triunfos dos favoritos, embora ainda nem tudo esteja resolvido. Mas já lá vamos. Importa referir que Espanha, Argentina e Polónia tiveram motivos para sorrir e entraram com o pé direito na competição.

A Espanha fez do Chile presa fácil, ao vencer os três encontros. Pablo Carreño Busta superou Alejandro Tabilo por 6-4 e 7-6(4), Roberto Bautista Agut arrasou Cristian Garín com um grande exibição e um 6-0 e 6-3, ao passo que Alejandro Davidovich Fokina e Pedro Martínez venceram o par contra Alejandro Tabilo e Tomás Barrios, por 7-6(3), 4-6 e 10-7.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/ATPCup/status/1477146369450196996

Já a Argentina nem sequer sets perdeu diante da Geórgia. Federico Delbonis abriu o embate do Grupo D a bater Aleksandre Metreveli por 6-1 e 6-2, antes de Diego Schwartzman dar uma lição a Nikoloz Basilashvili com os mesmos parciais. Já Maximo González e Andrés Molteni fecharam o 3-0 contra Saba Purteladze e Zura Tkemaladze, por 6-1 e 6-2.

Quanto à Polónia, Kamil Majchrzak abriu a bater facilmente Michail Pervolarakis, por 6-1 e 6-4, antes de Stefanos Tsitsipas desistir à última hora do singular com Hubert Hurkacz, abrindo camiho ao polaco, que arrasou Aristotelis Thanos, por 6-1 e 6-2.

O que ainda está por resolver é o embate entre Noruega e Sérvia. Filip Krajinovic começou por confirmar o favoritismo diante de Viktor Durasovic, com os parciais 6-2 e 7-5, mas Casper Ruud elevou o nível e empatou diante de Dusan Lajovic, ao vencer por 6-3 e 7-5, levando a decisão para os pares.

Bola Amarela