Antiga tenista aponta: «Federer vai ficar triste se nunca jogar contra Alcaraz»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 11, 2022
federer-wimbledon-qf

Uma nova estrela está a centrar as atenções no ténis mundial, com Carlos Alcaraz a deslumbrar tudo e todos. Um fenómeno que desponta numa altura em que o ídolo do espanhol luta para fazer um derradeiro regresso ao ténis. Falamos, claro, de Roger Federer, que continua a recuperar de mais uma operação para tentar voltar a brilhar dentro de court.

Ora, para Annabel Croft, antiga tenista britânica e agora comentadora, o surgimento de Alcaraz pode trazer ainda mais motivação ao antigo número um do Mundo que, na sua opinião, quererá ter a hipótese de defrontar o prodígio pelo menos uma vez.

“É uma pena que Federer não esteja a jogar por causa da operação e não saibamos quando vai voltar. Quer regressar em setembro ou outubro, mas acho que Federer adorava já ter defrontado Alcaraz. Claro que ele é mais velho e vai ser difícil porque nunca jogou contra ele. Mas vai ficar triste se nunca jogar com Alcaraz”, apontou na Amazon Prime.

Por outro lado, Croft mostrou-se perfeitamente descansada com a sucessão do Big Three, garantindo que não ficou surpreendida por ver alguém como Alcaraz a surgir com este impacto mediático. “Só de pensar que o ténis masculino tem estado quase em pânico a pensar quem vai tomar conta depois do Big Three ou do Big Four… Claro que o espaço está sempre preenchido”, finalizou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.