Zverev aguenta réplica do campeão do Estoril Open e entra bem em Roma

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 11, 2022

Alexander Zverev tinha uma tarefa traiçoeira para começo de conversa no Masters 1000 de Roma, isto depois de perder a final de Madrid para Carlos Alcaraz, mas o alemão mostrou-se em forma para resistir à boa réplica oferecida pelo campeão do Millennium Estoril Open.

O número três mundial superou o qualifier argentino Sebastian Baez com os parciais 7-6(6) e 6-3, ao cabo de sensivelmente uma hora e meia de encontro, mostrando-se mais fortes nos momentos chave. Basta ver que Sascha até ganhou apenas dez pontos na resposta ao serviço do argentino — comparando com os 19 que Baez conquistou –, mas resistiu tie-break do primeiro set e nem enfrentou break points.

Campeão em Roma em 2017, Zverev tenta iniciar a caça ao título numa semana que se pode tornar especial para o alemão. É que, caso conquiste o título e Novak Djokovic não chegue aos quartos-de-final, o germânico garante um salto para o 2.º lugar do ranking ATP, fixando um novo máximo de carreira. E se isso acontecer, quer dizer que ficaria a 140 pontos do líder Daniil Medvedev nesse caso…

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.