Zverev e Shapovalov voltam às vitórias ao serviço das seleções

Por José Morgado - Fevereiro 1, 2019

O alemão Alexander Zverev e o canadiano Denis Shapovalov, dois dos tenistas de maior perfil entre os que estão a participar no Playoff de qualificação para as Davis Cup Finals, alcançaram esta sexta-feira vitórias importantes, que aproximaram os seus respetivos países da fase decisiva da competição, agendada para a semana de 18 a 24 de novembro, na Caja Magica de Madrid, em Espanha.

Sascha, vindo da sua desapontante participação no Australian Open, onde perdeu nos oitavos-de-final, confirmou todo o seu favoritismo para derrotar o húngaro Peter Nagy, sem ranking, por 6-1 e 6-2, em pouco mais de uma hora. A Alemanha já está a derrotar a Hungria por 2-0 em Frankfurt, porque Philipp Kohlchreiber sofreu mas derrotou o jovem Zsombor Piros, de 19 anos e antigo top 3 mundial de juniores, por 6-7(6), 7-5 e 6-4. Piros chegou a estar a dois pontos… da vitória.

Em Bratislava, está tudo empatado depois dos encontros de outros dois jovens talentos — Shapovalov e o seu melhor amigo, Felix Auger Aliassime. Shapo derrotou o estreante (na Davis) Filip Horansky, por 6-4 e 7-5, mas Auger Aliassime não resistiu ao favorito Martin Klizan, que virou de 2-5, 0-30 abaixo para vencer por 7-5 e 6-3, em 1h30 de duelo. “Eu tinha muita pressão mas penso que reagi da melhor forma. Foi um encontro de grande qualidade e ele jogou bastante acima do seu ranking”, assegurou Shapovalov no final.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.