Wayne Ferreira revela mudanças de Tiafoe: «Gostava muito de doces, chocolates e bolachas»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 7, 2022

Durante os últimos anos, não era difícil ver o potencial que existia em Frances Tiafoe. O norte-americano sempre mostrou ténis para derrotar qualquer tenista do Mundo num dia bom, mas faltou-lhe sempre qualquer coisa. Ora, com Wayne Ferreira como treinador, Tiafoe tem dado passos em frente de forma constante, estando agora nas meias-finais do US Open. O que mudou afinal?

“Ele gostava muito de doces, chocolates e bolachas. Comia a horas pouco usuais e não gostava nada do pequeno-almoço. Não tinha grande noção sobre o que comer antes de um encontro ou depois. Precisava de orientação e melhorou muito graças a esse controlo. Por outro lado, não treinamos imenso porque prefiro que treine corretamente. Antes não era suficientemente profissional”, considerou.

Por outro lado, o antigo tenista revelou ainda o que é alvo de mais trabalho agora. “Estamos a lutar muito duro para que bata o serviço o mais forte possível. Estamos a trabalhar muito nisso, mas ainda não chegámos ao ponto certo, já que as suas percentagens estão nos 50 por cento, algo que é muito baixo, muito mau. Se puder chegar ali aos 60 por cento, seria um êxito. Para obter esse resultado continuaremos a passar horas em court”, destacou.

Mega Foe! Tiafoe não pára de brilhar no US Open e está nas ‘meias’ de um Slam pela primeira vez

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.