Vesely opera mais um milagre e vira de forma incrível contra Shapovalov rumo à final no Dubai

Por Pedro Gonçalo Pinto - Fevereiro 25, 2022

Jiri Vesely andava muito longe dos tempos da ribalta, mas o antigo número um mundial de juniores está a viver uma semana inesquecível no ATP 500 do Dubai. Depois de derrubar Novak Djokovic e tirar a liderança do ranking ao sérvio, o checo fez questão de continuar a brilhar e alcançou uma vitória sensacional diante de Denis Shapovalov, num encontro que durou mais de três horas.

O número 123 do Mundo deu a volta com os parciais 6-7(7), 7-6(2) e 7-6(3), um resultado que mostra logo a história louca que se viveu nos Emirados Árabes Unidos. A maior instabilidade surgiu a partir de meio do terceiro set, quando Shapovalov teve break point a 3-3, sem o aproveitar. No jogo seguinte, Vesely teve três e também não capitalizou, antes de o canadiano fazer o break e parecer encaminhado para a final. Só que Shapovalov foi quebrado de novo e capitulou no tie-break.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/ATPMediaInfo/status/1497286644298403840

Desta forma, Vesely, que teve de ultrapassar a fase de qualificação, torna-se no finalista com pior ranking na história do ATP 500 do Dubai, sendo que esta será a sua quarta final, primeira desde Pune em 2020, e a mais importante da carreira. Pela frente terá Andrey Rublev, número sete mundial, que vem do título em Marselha e das meias-finais em Roterdão.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.