Van de Zandschulp arruma Rublev em casa para fixar melhor vitória e primeiras ‘meias’ da carreira

Por Bola Amarela - Outubro 29, 2021

Botic Van de Zandschulp apresentou-se definitivamente ao mundo do ténis no US Open, quando atingiu os quartos-de-final e ainda roubou um set a Daniil Medvedev, mas o holandês não quer viver à sombra desse torneio. Prova disso é o facto de ter carimbado o lugar nas primeiras meias-finais da carreira no ATP Tour, ao surpreender tudo e todos no ATP 250 de São Petersburgo.

Depois de furar o qualifying, o número 69 do ranking mundial fixou a maior vitória da carreira, ao bater o favorito da casa Andrey Rublev, 6.º ATP. Van de Zandschulp descomplicou a tarefa e venceu com os parciais 6-3 e 6-4, com o principal destaque a ir para o autêntico ‘meltdown’ do russo na segunda partida. É que Rublev vencia por 4-2 e… não ganhou mais jogo nenhum.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/atptour/status/1454122522060865538

Van de Zandschulp prepara-se para defrontar o renascido Marin Cilic, que superou Roberto Bautista Agut numa batalha de mais de 2h30, com os parciais 6-4, 3-6 e 6-3, enquanto a outra meia-final também já está definida. Jan-Lennard Struff bateu Denis Shapovalov (6-4 e 6-3) e vai enfrentar Taylor Fritz, que levou a melhor diante de John Millman, por 6-4 e 6-2.

Bola Amarela