US Open pode avançar sem pares mistos, juniores e… qualifying

Por Bola Amarela - Junho 4, 2020
usopen

É já daqui a seis dias que os jogadores ficam a saber os planos das entidades oficiais do ténis para o que falta da temporada. A grande questão gira em torno do US Open e aos poucos vão sendo conhecidos alguns pormenores sobre os planos da Federação norte-americana (USTA) para a realização do evento.

Segundo avança esta quinta-feira alguma imprensa nos Estados Unidos, a prova pode avançar apenas com os quadros de singulares — com formato e tamanho normal — e com quadros de pares masculinos e femininos mais curtos do que as 64 duplas habituais. Pares mistos, juniores e até a fase de qualificação podem simplesmente não acontecer para evitar maiores aglomerações de tenistas. O prize-money deve baixar apenas 4 por cento face a 2019, apesar da perda de 60 por cento das receitas da prova no caso de se disputar sem espectadores (foram 850 mil no ano passado).

Recorde-se que nas últimas semanas já foram reveladas mais medidas especiais para a realização do US Open 2020, que incluem voos charter para quem vem de outros continentes, a utilização de menos juízes de linha, a redução das equipas técnicas e até a possibilidade de o torneio de Cincinnati ser transferido para Nova Iorque, nas semanas anteriores ao US Open, para evitar viagens entre estados norte-americanos.

Bola Amarela