Um clube onde Djokovic não consegue entrar! É o único do Big Four sem um ouro olímpico

Por Bola Amarela - Julho 30, 2021
djokovic

Especialmente ao longo dos últimos meses, Novak Djokovic tem colecionado recordes e marcas históricas no ténis mundial. O mais recente foi ter igualado os 20 títulos do Grand Slam de Roger Federer Rafael Nadal, sendo que já é também o tenista com mais semanas como número um do mundo, por exemplo. No entanto, há uma pedra que simplesmente não sai do sapato do sérvio. É que o Big Four tem uma espécie de clube nos Jogos Olímpicos, no qual Nole não consegue encontrar maneira de entrar.

A disputar as Olimpíadas pela quarta vez na carreira, Djokovic já tem garantido que não poderá conquistar qualquer medalha de ouro, algo que Federer, Nadal e Murray já alcançaram na carreira. O suíço venceu o torneio de pares masculinos com Stan Wawrinka em Pequim’2008, Nadal ganhou o de singulares masculinos frente a Fernando González em Pequim também, enquanto Murray se sagrou campeão olímpico em Londres’2012 e Rio’2016. Já o melhor do atual número um do mundo é o bronze alcançado em Pequim’2008.

E a verdade é que não tem sido propriamente por falta de tentativas, já que Djokovic procura ativamente chegar a essa medalha e não só pela via mais evidente dos singulares. Em 2008, 2012 e 2016, o sérvio disputou os torneios de singulares e pares masculinos, sendo que nesta edição acabou por juntar aos singulares a prova de pares mistos ao lado de Nina Stojanovic. Resta saber se ainda consegue levar duas medalhas de bronze para casa.

Bola Amarela