Treinadores de Nadal explicam a mudança no gesto de serviço do espanhol

Por Nuno Chaves - Janeiro 9, 2019

Rafa Nadal surpreendeu tudo e todos no encontro de exibição de Abu Dhabi frente a Kevin Anderson, ao apresentar um movimento de serviço diferente daquele que apresentou durante toda a carreira. Carlos Moyá e Francis Roig, técnicos do maiorquino de 32 anos, falaram sobre essa alteração.

“Aquilo que procuramos é que faça mais dano e que a bola ande mais depressa.  Tínhamos a sensação de que a bola andava muito no serviço, mas no momento da pancada, diminuía um pouco. Agora, com este movimento mais fluído queremos que a bola ande e não perca toda essa velocidade”, confessou Moya.

Roig também explicou as mudanças. “Ele agora leva a mão um pouco mais abaixo. Ao atirar a bola ao ar, já não faz tanta flexão e aguenta mais tempo com o corpo erguido, já que antes perdia dinamismo. Outra vantagem é que entra com a perna direita dentro do court ao terminar o serviço”, analizou numa conversa com o ATP.

Moyá confessou também que a iniciativa de mudança surgiu do próprio Nadal. “Isto foi algo que surgiu dele. Era algo que víamos desde há muito tempo mas devido ao joelho não podíamos fazê-lo. No inverno tentámos e encontrou continuidade e sentiu-se cómodo. Claro que ao princípio custa mudar o chip mental. Há que dar tempo mas nos jogos de treino sentiu que tinha servido desta forma durante toda a vida”, revelou.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.