Toni Nadal e o horário de Djokovic-Nadal: «Era lógico que devia jogar-se de dia»

Por José Morgado - Maio 31, 2022

Toni Nadal, tio e antigo treinador de Rafael Nadal, foi esta terça-feira mais uma das vozes a criticar o horário do encontro entre o seu sobrinho e Novak Djokovic nos quartos-de-final de Roland Garros. O atual técnico de Felix Auger-Aliassime diz que aquilo que decidiu… foi o dinheiro.

“No final de contas, o que decide este tipo de situações é o dinheiro e quem tem esse poder entendeu que devia jogar-se à noite, o que é uma lástima para o Rafael. Leva um ano complicado, sabe que este Roland Garros pode ser o seu último e gostava de jogar de dia porque são as condições que mais se parecem com aquelas que depois vão ter na final. Era lógico que este encontro devia jogar-se de dia. À noite, a bola do Nadal anda menos e a do Djokovic é mais segura”, disparou em declarações à ‘Onda Cero’.

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.