Thiem: «Contra Isner somos como um guarda-redes a tentar defender penáltis»

Por Bola Amarela - Maio 7, 2021
Thiem

Dominic Thiem, número 4 do ranking ATP, sobreviveu à muito complicada tarefa de enfrentar o super serviço de John Isner em Madrid. O austríaco garantiu um lugar nas meias-finais do Mutua Madrid Open no torneio que marcou o seu regresso à competição dois meses depois, mas traçou uma curiosa comparação sobre como é ter pela frente as bombas do gigante norte-americano.

“Contra Isner somos como um guarda-redes a tentar defender penáltis. Se o jogador colocar bem a bola e tiver velocidade suficiente, simplesmente não há tempo para reagir e pará-la. Aqui é o mesmo. Tens que adivinhar ou esperar que não entre o primeiro serviçou ou ter sorte de o devolver. É 50-50. Além disso, também tem um grande segundo serviço em que a bola voa muito. Tenho de estar a cinco ou seis metros da linha de fundo e depois meter-me em court para tentar que ele não ganhe na rede”, sustentou.

Futebol e penáltis à parte, Thiem confessou que nem quer acreditar que está no top 4 do Masters 1000 de Madrid. “Fico surpreendido por estar nas meias-finais. Não esperava isso de todo. Só esperava ter um par de bons encontros contra adversários do mais alto nível. Agora estou nas meias-finais. É incrivelmente bom que tenha podido jogar quatro encontros a este nível. É uma grande surpresa para mim”, revelou.

Bola Amarela