Swiatek revela estado de espírito no championship point em Roland Garros

Por Tiago Ferraz - Novembro 9, 2020
swiatek

Iga Swiatek, jovem de 19 anos, conquistou o seu primeiro título de Grand Slam na edição de 2020 de Roland Garros e acabou por surpreender o mundo do ténisDepois de ser feliz na cidade luz a jovem polaca fala do que sentiu no match point durante a final perante Sofia Kenin:

“Quando tinha championship point acabei por perder a concentração pela primeira vez em todo o torneio. Sabia que estava perto de fazer história. Decidi tranquilizar-me a mim própria e voltar a focar-me no meu ténis. Como sempre disse, por vezes, as soluções mais fáceis acabam por ser as melhores. Fiz o que a minha equipa técnica me disse para fazer. Eles também são responsáveis pela minha boa forma”, salientou.

Iga Swiatek lembra ainda os momentos complicados por que passou e que quase a levou a deixar a modalidade da bola amarela:

“Foi um momento muito difícil para mim, mas o meu pai conseguiu levar-me para o caminho certo. Ganhei muita segurança em court e esse facto devo-o, essencialmente, a ele. Sem o meu pai não estaria no lugar em que estou hoje. Gosto mesmo muito dele”, disse, citada pelo Punto de Break.

Recorde-se que Iga Swiatek já deu várias entrevistas onde fala da sua vitória em Paris e onde lembra uma lesão que quase fez com que a própria terminasse a sua carreira com apenas 16 anos.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.