Schwartman bate Thiem em batalha épica, estreia-se em ‘meias’ de Grand Slam e no top 10

Por José Morgado - Outubro 6, 2020
schwartzman

Diego Schwartzman, 1 metro e 68 centímetros de muito talento, garantiu esta terça-feira, aos 28 anos, a presença na sua primeira meia-final de Grand Slam da carreira, duas semanas depois de jogar a primeira final de um Masters 1000, em Roma. O atual número 14 do ranking ATP vai também fazer a sua estreia no top 10 mundial, um dos seus objetivos de carreira.

Numa batalha titânica, longa, física e muitas vezes bem jogada entre dois grandes amigos, Schwartzman, derrotou Dominic Thiem, austríaco de 27 anos que venceu o US Open há três semanas e foi vice-campeão de Roland Garros em 2018 e 2019, por 7-6(1), 5-7, 6-7(6), 7-6(5) e 6-2, em 5 horas e 9 minutos de um encontro que ficará na memória deste torneio.

A história do encontro conta-se com muitas voltas e reviravoltas: Thiem poderia ter vencido o primeiro set (teve break acima), mas podia facilmente ter perdido os dois seguintes, sendo que no terceiro até enfrentou um set point e esteve a perder por 3-5. No quarto parcial, a história repetiu-se, mas depois de recuperar de 3-5 para 6-5 e de salvar três set points seguidos, o austríaco não conseguiu fechar o encontro no seu serviço e perdeu um tie-break de quarto set em que esteve a dois pontos da vitória…

Nas meias-finais, Schwartzman espera pelo vencedor do encontro entre o espanhol Rafael Nadal e o italiano Jannik Sinner, que será jogado somente ao final da noite em Paris.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.