Ruud e Berrettini mostram garras afiadas, Wawrinka desiste no US Open

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 29, 2022

Com direito a sonhar com a liderança do ranking ATP no US Open, Casper Ruud deu o pontapé de saída na sua caminhada da melhor maneira. O norueguês, que chegou a Nova Iorque como número sete do ranking ATP, descomplicou a situação com Kyle Edmund e avançou facilmente para a segunda eliminatória.

Ruud deixou pelo caminho o britânico, atual número 601 do ranking que ainda procura recuperar a melhor forma, com os parciais 6-3, 7-5 e 6-2, em 2h22. O nórdico assinou uma exibição rotineira, sem ter de forçar muito, marcando duelo com o neerlandês Tim van Rijthoven (117.º), que operou um milagre e salvou sete match points para bater Zhang Zhizhen, por 3-6, 6-7(4), 7-6(9), 6-1 e 6-4.

Outro grande candidato que começou com o pé direito foi Matteo Berrettini. O italiano, número 14 do Mundo, castigou Nicolas Jarry (123.º) com o seu ténis poderoso e avançou facilmente com os parciais 6-2, 6-3 e 6-3, em menos de duas horas. Berrettini nem sequer enfrentou um break point para marcar encontro com o francês Hugo Grenier.

Quem não viveu um conto de fadas foi Stan Wawrinka. Aos 37 anos, o antigo top 3 desistiu depois de perder um duro segundo set com Corentin Moutet, quando o resultado mostrava 6-4 e 7-6(7) para o francês. Uma lesão tirou o helvético do encontro.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.