Pliskova ataca 2019 com duas treinadoras

Por Bola Amarela - Dezembro 15, 2018
pliskova

A busca de Karolina Pliskova pelo regresso ao número um mundial e pelo almejado Grand Slam continua. A preparar a nova temporada com manifesto afinco, a checa de  26 anos anuncia que vai ter não uma, mas duas treinadoras a acompanhá-la pelo circuito em 2019. São elas a espanhola Conchita Martínez e a australiana Rennae Stubbs.

Martínez regressa, assim, à equipa de Pliskova, depois da colaboração no Open dos Estados Unidos deste ano, onde a jogadora checa perdeu para Serena Williams nos quartos-de-final. “A Karolina é uma jogador com enorme potencial físico, está sempre muito recetiva a novas ideias, de forma a evoluir, e está sempre muito motivada para trabalhar”, disse a antiga número dois mundial e campeã de Wimbledon (1994) ao site WTA.

Stubb, que trabalha com Pliskova desde o torneio de Cincinnati, mas que esteve afastada da equipa devido a outros compromissos profissionais, regressou na recta final da época de 2018 e será presença assídua também em 2019.

Pliskova vê nas duas treinadoras o empurrão de que precisa para voltar a subir no ranking e conquistar o primeiro Grand Slam da carreira. Atualmente, Pliskova é a oitava do ranking mundial, e deixa 2018 com dois títulos ganhos, em Estugarda e em Tóquio. A temporada de 2019 arranca em Brisbane e Sydney, antes de rumar a Melbourne para o Open da Austrália.

 

Bola Amarela