Nuno Borges resiste a duelo dramático (e à chuva) rumo ao quadro principal do US Open

Por José Morgado - Agosto 27, 2022
Créditos: Millennium Estoril Open

Nuno Borges, número dois português e 105.º colocado do ranking ATP, viveu esta sexta-feira mais um momento marcante na sua ainda curta carreira profissional, ao qualificar-se para o quadro principal do US Open pela primeira vez na carreira, logo na primeira tentativa. Aliás, Borges passou todos os três qualifyings de Grand Slam que disputou na sua carreira (Roland Garros, Wimbledon e US Open 2022), ainda que em Londres tenha tido a sorte de entrar como lucky loser no lugar de Marin Cilic (covid-19).

Na ronda de acesso ao quadro, o maiato de 25 anos, antiga estrela do circuito universitário norte-americano, derrotou em três duros sets o italiano Francesco Maestreli, 202.º ATP, por 3-6, 6-4 e 7-6(10-8), num encontro resolvido em quase três horas dentro do court, mas que durou mais de sete, devido a três paragens muito longas por causa da chuva. Na terceira partida, Borges virou mesmo de 0-2, 3-5 e ainda 2-6 e 4-7 no tie-break final, mas voltou a demonstrar toda a sua garra para se impor num duelo dramático.

No quadro principal, há agora muitas hipóteses para Borges: Ben Shelton, Nikoloz Basilashvili, Felix Auger-Aliassime, Stefanos Tsitsipas, Matteo Berrettini, Taylor Fritz, Stan Wawrinka, Botic van de Zandschulp, Sebastian Korda, Tim Van Rijthoven, Adrian Mannarino, Brandon Nakashima, Pedro Martínez, Marin Cilic, Albert Ramos, Borna Coric, John Isner e. Soonwoo Kwon

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.