Nuno Borges joga olhos nos olhos com Khachanov mas diz adeus a Roland Garros

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 22, 2022

Nuno Borges não se deixou atemorizar pela estreia em quadros principais de torneios de Grand Slam e jogou olhos nos olhos com Karen Khachanov, um jogador que está mais de 100 lugares à sua frente no ranking ATP. O número dois nacional deixou tudo na terra batida de Paris, mas acabou mesmo por ceder ao fim de quatro equilibrados sets.

O 126.º da hierarquia mundial masculina foi eliminado pelo 24.º, num encontro que se escreveu com os parciais 6-3, 2-6, 6-4 e 6-4, em sensivelmente duas horas e meia. Nuno Borges até disparou mais winners (38-26) e os mesmos erros não forçados (36), mas Khachanov elevou o número de erros forçados do maiato (53-32) para fazer a diferença no encontro.

O russo foi mais eficiente em menos pontos de break (3 em 8 contra 2 em 9), abrindo assim as diferenças para Borges, que conquistou o direito de sair de cabeça bem levantada depois de ultrapassar o qualifying na sua estreia em torneios do Grand Slam e de colocar um top 25 em sentido. E nem mesmo a derrota limitou a grande atenção que mereceu, com cânticos, muitos autógrafos dados e selfies tiradas.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.