Nuno Borges derrota Gastão Elias e vence o oitavo título da carreira

Por José Morgado - Setembro 13, 2020
nuno-borges2
FOTO FPT

Nuno Borges, campeão nacional em título e atualmente no 598.º posto do ranking ATP — enganador, pois trata-se do seu primeiro ano como profissional — continua a mostrar que é um dos tenistas lusos em melhor forma do momento e este domingo conquistou na Beloura Tennis Academy, em Sintra, o seu oitavo título internacional da carreira em singulares, segundo da temporada. Um número impressionante para um jogador que, aos 23 anos, passou quase a totalidade dos últimos quatro anos na Universidade e só competia no circuito… durante as férias.

O ex-craque da Mississipi State University derrotou numa final cem por cento portuguesa o lourinhanense Gastão Elias, 531.º ATP mas um dos melhores jogadores portugueses da história — olímpico e ex-top 60 — por 6-2 e 6-2, numa final que controlou de início ao fim, tal como acontecera no duelo entre ambos há alguns meses em Vale do Lobo, durante o circuito sénior da Federação Portuguesa.

Tanto Nuno Borges como Gastão Elias vão manter-se pela Beloura, onde na próxima semana jogam nova prova de 15 mil dólares em prémios.

 

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt