Nuno Borges coroa semana perfeita em Antalya com primeiro título Challenger da carreira

Por Bola Amarela - Dezembro 5, 2021

É campeão! Nuno Borges coroou uma semana absolutamente perfeita em Antalya, ao limpar todos os encontros em dois sets rumo ao seu primeiro título Challenger de singulares na carreira. O português de 24 anos manteve a grande forma desde o início do torneio e festejou de forma categórica, ao não perdeu um único parcial nos cinco duelos, concluindo a caminhada com um triunfo sobre o britânico Ryan Peniston (284.º ATP) na final.

O maiato, número 253 do mundo, selou as contas de uma dupla jornada – venceu o duelo das meias-finais ao início da manhã – com os parciais 6-4 e 6-3, ao cabo de 1h20, de maneira a riscar um objetivo da lista na carreira. Borges já tinha disputado a final do Oeiras Open 2, onde caiu para o argentino Pedro Cachín, mas agora não deixou escapar a oportunidade e exibiu-se imparável para conquistar o troféu.

Nuno Borges pressionou o serviço de Peniston constantemente, mas até começou a perder por 3-0. Nada que tenha abalado a sua confiança, já que disparou daí para a frente. A enfrentar o 1-4, ganhou cinco jogos de forma consecutiva para fechar a primeira partida e não tirou o pé do acelerador para a segunda, onde voltou a demonstrar superioridade, mesmo quando Peniston tentou reagir. Contas feitas, estava garantido o direito de celebrar.

Desta forma, Borges vai saltar para o 228.º posto do ranking ATP, fixando um novo recorde pessoal por larga margem. Curiosamente, fica a um ponto e uma posição do compatriota Gastão Elias, isto antes de viajar para Portugal, onde tem prevista a participação nos ‘seus’ dois Challengers da Maia. Certo é que este triunfo o deixa de forma seguro nos lugares de acesso ao qualifying do Australian Open.

Bola Amarela