Nuno Borges após vencer na Maia: «É um encontro que vou recordar»

Por José Morgado - Dezembro 2, 2023
borges-maia
FOTO: Sebastião Guimarães/FPT

Nuno Borges, número um nacional e 78.º colocado do ranking ATP, alcançou esta sexta-feira, feriado nacional, uma das vitórias mais saborosas da sua temporada para se apurar pelo terceiro ano seguido para as meias-finais do Maia Open, torneio Challenger 100 disputado na sua terra natal. Serão as quintas meias-finais de Borges esta temporada depois de um encontro em que esteve a perder por 2-6, 3-5…

“Foi sem dúvida emocionante e ‘sacado’ a ferros, como se costuma dizer. Foi uma das minhas vitórias mais especiais aqui e é um encontro que vou recordar. Sabe bem superar um desafio destes depois de estar quase todo o tempo a perder e a aguentar-me”, admitiu em conferência de imprensa.

A meia-final deste sábado será a quarta consecutiva para Nuno Borges no “seu” Maia Open, onde em 2021 ficou a apenas um passo do objetivo que agora tenta alcançar. O tenista português parte “bastante confiante” para o encontro frente a um adversário com “um bom serviço e uma boa esquerda a uma mão”: o francês Matteo Martineau.

Borges vira de forma incrível a partir de 2-6, 3-5 rumo às ‘meias’ na Maia

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt