Navratilova diz o que faz Serena e Federer continuarem: «Isto é uma droga»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 6, 2022

O que é que faz campeões como Roger Federer e Serena Williams continuarem a lutar para voltar à competição mesmo depois de muito tempo parados e, por ventura, sem terem hipóteses de repetir a história que já escreveram? Martina Navratilova sabe do que se trata e dá uma explicação curiosa.

“Entendo a 100 por cento por que querem continuar. É quando aprecias realmente e percebes o quão sortudo és. Isto é uma droga. Uma droga muito boa que muitas pessoas queriam ter, mas não conseguem. Perguntas a um médico ou a um advogado quanto tempo mais vão continuar a exercer? As pessoas metem na cabeça pensamentos que de outro modo não estariam lá”, destacou.

Questionada sobre o seu próprio final de carreira, em que voltou depois de uma primeira paragem para se retirar perto dos 50 anos, Navratilova abriu o coração. “Se tivesse de voltar a fazê-lo, sem dúvida que não dizia nada porque foi esgotante mentalmente. Pelo tu próprio bem, esquece o que pode fazer a favor ou contra a tua marca. Não anunciaria nada até que acontecesse. A minha opinião é que se desfrutas a jogar, então joga. Venus continua e as pessoas dizem que estraga o legado. Não, os títulos estão lá”, rematou

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.