Nadal vai em 21 vitórias seguidas contra canhotos mas a última derrota foi com… Shapovalov

Por Bola Amarela - Janeiro 23, 2022

Rafael Nadal Denis Shapovalov vão medir forças nos quartos-de-final do Australian Open, num encontro com muita carga para ambos. É que Rafa mantém bem viva a perseguição ao 21.º título do Grand Slam, enquanto Denis sonha com o seu primeiro Major. O que os une é que ambos são esquerdinos, uma receita que tem dado frutos para Nadal, embora Shapovalov tenha uma palavra a dizer. Explicamos porquê.

O campeoníssimo espanhol aumentou, frente a Adrian Mannarino, a série de vitórias contra canhotos para 21, exibindo aí o seu domínio contra tenistas esquerdinos como ele próprio. No entanto, a verdade é que essa sequência começou depois de uma derrota com… Shapovalov. E foi um encontro absolutamente memorável, já que aconteceu quando tinha apenas 18 anos e estava no 143.º posto do ranking ATP.

Nadal estava no 2.º lugar da hierarquia mundial masculina, mas o público no Masters 1000 do Canadá, nesse ano de 2017 em Montreal, empurrou Shapovalov para uma exibição fulminante com os parciais 3-6, 6-4 e 7-6(4) que apresentou o jovem ao Mundo. Desde então, Nadal venceu por 21 vezes contra adversários esquerdinos, sendo que três desses triunfos surgiram frente a Denis: Roma’2018, Davis Cup Finals’2019 e Roma’2021. Só no último é que Shapovalov voltou a roubar um set ao maiorquino.

Bola Amarela