Nadal acha que o seu recorde de 12 Roland Garros será batido

Por Bola Amarela - Maio 27, 2020
nadal-morde

Rafael Nadal, número dois do ranking mundial, concedeu uma entrevista a Jose Luis Clerc, ex-tenista argentino, para a ESPN, onde falou sobre alguns dos segredos dos melhores jogadores do Mundo e dos seus recordes mais difíceis de bater.

“Estou há um par de semanas a treinar em court, mas de maneira muito calma. É importante minimizar o risco de lesões e por isso não treino mais de hora e meia. A motivação possível é melhorar a cada dia, buscar motivação no dia-a-dia e saber que se as coisas correrem bem, os resultados vão chegar. Treinar sem objetivos é chato”, assumiu o maiorquino.

Nadal acha que o seu recorde de 12 Roland Garros será quebrado um dia. “Se alguém ganhar mais de 81 partidas seguidas em terra batida ou ganhar 12 vezes em Paris, eu ficarei contente pois seria positivo para o ténis. Toda a gente achou que quando o Sampras ganhou 14 Grand Slams que ninguém o superaria e poucos anos depois foram três aqueles que conseguiram. Sou consciente de que é muito complicado o que fiz em Roland Garros e que agora parece impossível de superar, mas não tenho dúvidas que alguém o fará”.

Nadal comentou que o segredo do Big 3 (ele, Roger Federer e Novak Djokovic) é o amor pelo ténis: “Reunimos uma condição indispensável para chegar até onde chegamos, como é a capacidade de nos adaptar continuamente, superar as dificuldades e melhorar. Os grandes do desporto sempre partilham uma enorme paixão pela modalidade e pelo desejo de continuarem a superar-se”.

Bola Amarela