Muguruza critica diferenças entre circuito ATP e WTA e fala mesmo em machismo

Por Pedro Gonçalo Pinto - Novembro 15, 2022
Foto: EPA

Garbiñe Muguruza reconhece que o ténis é um dos desportos que mais aproximam os direitos dos homens e das mulheres, mas a espanhola, agora número 56 do ranking WTA, não se contenta com isso. Em entrevista ao programa ‘La Roca’, da La Sexta, Muguruza deixou muitas críticas à forma como tudo ainda está organizado, garantindo que ainda falta caminho para se apagar as diferenças. E fala mesmo em machismo.

“Há diferença de horários, de prize money e de estádios. Nós ficamos sempre com o estádio mais pequeno, por exemplo. Há imensas coisas que acontecem…”, destacou Muguruza, que vai estando em contacto com atletas de outras modalidades para perceber o que pode ser feito para anular estes pontos.

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.