Medvedev: «Vou preparar-me para o caso de Wimbledon mudar de ideias»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 16, 2022
medvedev

Daniil Medvedev é um dos jogadores afetados pela decisão que Wimbledon tomou de banir os russos e bielorrussos da edição de 2022. O número dois do Mundo vê a porta do terceiro Grand Slam da época ficar fechada, sendo que só agora falou sobre o caso, uma vez que esteve de fora nas últimas semanas.

“É um tema do qual já se falou muito. Tentei perceber tudo o que se estava a passar porque não posso tomar nenhuma decisão. Se perguntarem a 100 jogadores por esta situação, vão ter 100 respostas diferentes”, começou por afirmar em Genebra, onde vai iniciar a sua temporada de terra batida.

Depois de Roland Garros, o russo vai jogar em relva de qualquer das formas, para se precaver caso algo mude. “Sendo sincero, espero poder jogar em Wimbledon. Adoro o torneio e as instalações. Infelizmente, parece que este ano não vou ter essa hipótese, mas vou disputar outros torneios e preparar-me para o caso de Wimbledon mudar de ideias. Se não mudarem, fica para o ano”, sustentou.

Questionado em relação à sua opinião sobre a guerra na Ucrânia, Medvedev resumiu a sua resposta numa frase. “Tenho estado a seguir à distância o que está a acontecer e a verdade é que é algo muito desagradável”, atirou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.