Kuznetsova revela quais são as vitórias que nunca esquecerá

Por Tiago Ferraz - Dezembro 14, 2020
kuznetsova

A tenista russa de 35 anos e antiga número dois mundial Svetlana Kuznetsova deu uma entrevista à GQ onde falou de vários temas como por exemplo as vitórias que marcaram a sua carreira:

“Um encontro que nunca vou esquecer foram as meias-finais do US Open de 2004 contra a Lindsay Davenport. Tinha que enfrentar uma lenda e eu tinha apenas 19 anos. Recordo-me que perdi o primeiro set por 6-1 e nesse momento não acreditei que pudesse vencer, mas continuei a lutar e conseguiu vencer os sets seguintes. Cheguei à final e venci o torneio. Em Roland Garros, em 2009, houve um encontro similar diante da Serena Williams com quem eu tinha perdido na Austrália. As minhas possibilidades de vencer eram muito reduzidas, mas consegui sair com a vitória. De todos os encontros que tive estes são os que mais gosto de recordar”, ressalvou.

Kuznetsova falou ainda dos objetivos para a temporada de 2021:

“O meu objetivo para 2021 é começar a temporada a preparar o Australian Open e nesse sentido a minha intenção é jogar alguns torneios antes disso. Lamentavelmente devido à pandemia de covid-19 haverá muitos torneios que terão que ser adiados e outros que nem sequer sabem as datas em que vão ficar no calendário. Este é o primeiro ano da carreira que em dezembro ainda não tenho nada planeado. Ninguém sabe o que vai acontecer. O que tenho bem claro é que quero jogar e não posso permitir-me a ficar de fora. Cada temporada pode ser a última”, disse, citada pelo Punto de Break.

Recorde-se que a tenista russa tem dois Grand Slams no seu palmarés com as vitórias no US Open de 2004 e em Roland Garros (2009).

  • Categorias:
  • WTA
Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.