Kerber faz tempo andar para trás e chega aos ‘quartos’ pela primeira vez… desde o título de 2018

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 5, 2021

Angelique Kerber, atual número 28 do ranking WTA, chegou a Wimbledon embalada pelo primeiro título em quase três anos, mas com muitas dúvidas pelas recentes prestações sem torneios do Grand Slam. Afinal de contas, não chegava a uns quartos-de-final de um Major desde que conquistou Wimbledon em 2018. Pois bem, aos 33 anos, Kerber fez o tempo andar para trás e voltou onde foi feliz para regressar aos ‘quartos’ de um Grand Slam, depois de levar a melhor diante da jovem Coco Gauff (23.ª).

A defrontar uma jogadora com quase metade da sua idade (17 anos), Kerber fez uso de toda a experiência e saiu por cima de todos os momentos decisivos, carimbando o triunfo com os parciais 6-4 e 6-4, em 1h18. A germânica salvou quatro dos seis pontos de break que teve pela frente, incluindo dois quando serviu com 4-3 no segundo parcial. No entanto, acabou mesmo por resistir, mostrando tremenda eficácia ao aproveitar quatro de cinco break points.

Fim da linha para o sonho de Coco Gauff, mas o reforço da candidatura de Kerber, que é a única jogadora ainda em ação que já conquistou este torneio de Wimbledon. O próximo desafio será um duelo com a checa Karolina Muchova, que levou a melhor numa equilibrada batalha com a espanhola Paula Badosa, com os parciais 7-6(6) e 6-4.

Pedro Gonçalo Pinto