João Sousa esteve a três pontos de sair do top 100 mas foi ‘salvo’ por indiano

Por Bola Amarela - Março 5, 2021
joao-sousa3
FOTO FPT

Consecutivamente no top 100 desde julho de 2013, João Sousa é agora o 100.º classificado e corre sérios riscos de sair dessa elite do ténis mundial. O português de 31 anos pode ver essa queda consumada esta semana, mas continua a resistir, mesmo depois de ter estado a apenas de três pontos de ver esse cenário ser confirmado.

É que James Duckworth (102.º) só precisava de ganhar a Prajnesh Gunneswaran (134.º) nos quartos-de-final do Challenger de Nur-Sultan para garantir a entrada no top 100 à custa do vimaranense. O australiano teve uma vantagem de 5-3 no terceiro set, serviu para fechar o encontro e chegou a estar a três pontos do triunfo, antes de cair com os parciais 6-4, 2-6 e 7-6(1).

Desta forma, Sousa resiste mais uma vez, mas ainda precisa de mais dois desfechos favoráveis esta semana, ambos em Buenos Aires. Jaume Munar estraga a incrível série do português se levar a melhor frente a Diego Schwartzman nos ‘quartos’ do ATP 250, ao passo que Francisco Cerundolo fará o mesmo se conquistar o título em Buenos Aires.

Bola Amarela