João Sousa acredita contra Sinner: «Vou ter de jogar ao mais alto nível para ter hipóteses»

Por Bola Amarela - Janeiro 16, 2022

João Sousa foi repescado para o quadro principal do Australian Open, com o estatuto de lucky loser, mas de lucky teve pouco no lugar em que foi colocado. É que o melhor tenista português de todos os tempos vai ter de defrontar a jovem estrela Jannik Sinner, que esta segunda-feira vai aparecer como número 10 do ranking ATP, na primeira eliminatória do Happy Slam. Ainda assim, o vimaranense, atual 140.º, não deixa de acreditar nas suas possibilidades de alcançar uma surpresa.

“É um adversario difícil, mas em torneios do Grand Slam não há encontros fáceis. Vou ter de jogar ao mais alto nível para ter hipóteses de o vencer e espero fazê-lo. Só jogo na terça-feira, por isso tenho dois dias para poder preparar-me e tentar continuar no torneio”afirmou em declarações enviadas à imprensa.

Acima de tudo, João Sousa não escondeu a felicidade por ter tido a sorte de vencer o sorteio dos derrotados no qualifying, mesmo depois de considerar que ficou “um bocadinho aquém das expectativas” na derrota com Radu Albot na derradeira ronda do qualy. “Apesar do desaire da última ronda, estou muito contente por poder disputar mais uma vez um quadro principal de um torneio do Grand Slam, algo que no ano passado me tinha sido negado por ter testado positivo à Covid-19. Já tinha saudades de jogar este torneio e estar num quadro principal é sempre muito especial”, rematou.

Sousa falou ainda sobre a situação de Novak Djokovic. “É triste para ele e para o torneio. Todos sabíamos as regras e ele sabia que estava sujeito a eventualmente não jogar. Mas não podemos esquecer as culpas que a Federação australiana também tem. Ele viajou para a Austrália porque lhe disseram que poderia jogar e isso na verdade não era verdade”.

Bola Amarela