João Domingues: «Tsitsipas não tem pontos fracos»

Por José Morgado - Maio 2, 2019
Joao-Domingues

O próximo desafio de João Domingues nos quartos de final do Millennium Estoril Open é com o grego Stefanos Tsitsipas, um adversário “diferente” daquele que defrontou em 2016 e sem “pontos fracos”.

“Hoje, está no ranking em que está [10.º ATP] e já alcançou grandes resultados desde então. É um grande jogador e, sem dúvida, muito diferente“, comentou Domingues, 214.º na hierarquia mundial, em declarações à Lusa, referindo-se ao primeiro embate entre ambos, num torneio de categoria Future, em Oliveira de Azeméis.

Apesar do favoritismo do adversário, primeiro cabeça de série no Clube de Ténis do Estoril, João Domingues diz não se sentir intimidado, embora reconheça à Lusa que Tsitsipas é “um jogador completo e sem pontos fracos ou, se tem, não são visíveis”.

Sobre o desafio dos quartos de final em perspetiva para sexta-feira, o jogador natural de Oliveira de Azeméis, de 25 anos, defendeu que terá de se transcender para ultrapassar o jovem grego, de 20 anos, e garantir o acesso às meias-finais. “Tenho de jogar ao melhor nível ou melhor ainda para ganhar o encontro. Vou tentar jogar a um nível muito alto, tentar colocar em prática aquilo que andado a treinar e tentar melhorar em todos os treinos para colocar esse nível de jogo em prática no encontro”, finalizou.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.