História e mais história: Bia Maia assina página inédita no ténis brasileiro

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 12, 2022

Beatriz Haddad Maia não quer ficar pelos quartos-de-final do WTA 1000 de Toronto, mas a verdade é que a vitória sobre Iga Swiatek fê-la voar ainda mais alto na história do ténis brasileiro. É que fixou vários registos importantes que a deixam num patamar nunca antes visto.

A paulista tornou-se na primeira brasileira da história a derrotar a líder do ranking WTA, sendo que no ténis masculino isso só tinha acontecido duas vezes. Uma delas foi da autoria de Gustavo Kuerten, então contra Roger Federer em Roland Garros’2004. A outra pertenceu a Flávio Saretta, que bateu Guga precisamente na Costa da Sauípe em 2001.

Beatriz Haddad Maia tornou-se ainda na primeira brasileira de sempre nos quartos-de-final do WTA 1000 de Toronto, ao passo que colocou um travão numa série de 23 vitórias de Swiatek em torneios da série WTA 1000. Diga-se que a polaca não perdia em piso rápido desde fevereiro, então quando caiu frente a Jelena Ostapenko no Dubai.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//bolamarela.pt/historico-bia-maia-derrota-a-numero-um-do-mundo-swiatek-em-toronto/

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.