Gonçalo Oliveira desqualificado de ‘challenger’ após desavença em “court de treino”

Por Pedro Almeida - 14 Agosto, 2019

Gonçalo Oliveira foi esta terça-feira protagonista de um episódio pouco feliz em Cordenons, Itália. O jovem portuense, de 24 anos, acabou desqualificado do torneio challenger transalpino, dotado de cerca de 70 mil euros em prémios monetários, na sequência de se ter envolvido numa desavença, antes de entrar em ação no seu encontro alusivo à segunda eliminatória frente ao australiano Christopher O’Connell.

Contactada pelo Bola Amarela, a Associação de Tenistas Profissionais (ATP) adiantou que a “altercação” aconteceu num court de treino, esta terça-feira.

“Gonçalo Oliveira foi desqualificado do Challenger de Cordenons por se ter envolvido numa altercação num court de treino. A investigação ao incidente continua. Não há comentários a fazer”, confirmou Simon Higson, um dos elementos de comunicação do ATP World Tour.

Recorde-se que Oliveira, número quatro português e 261.º do ranking mundial, deu assim a vez ao jogador local Niccolo Inserra, 1609.º ATP, que jogou com o estatuto de lucky loser e disputou o duelo, saindo, no entanto, de cena pelos parciais de 6-2 e 6-3. Na variante de pares, Oliveira fazia dupla com o chileno Alejandro Tabilo, mas também o par foi substituído.

O Bola Amarela tentou contactar Gonçalo Oliveira mas sem sucesso.

Pedro Almeida