Gasquet e Janowicz avançam; Jaziri fica para trás por problemas políticos

Jerzy Janowicz e Richard Gasquet foram os principais vencedores da jornada desta quarta-feira do Open Sud de France. O jogador polaco, quinto cabeça-de-série, travou uma batalha com o local Benoit Paire, jogador que nunca havia defrontado antes, mas esteve com boa pontaria com o serviço e disparou 17 ases para uma vitória por 6-2, 3-6 e 6-3 em 94 minutos.

Janowicz termina assim com a série de seis vitórias consecutivas de Paire e vai lutar por um lugar nas meias-finais com Gilles Simon, segundo favorito à vitória final, que teve menos dificuldades para passar por cima do compatriota Edouard Roger-Vasselin, por 6-3 e 6-3. Steve Darcis eliminou Tatsuma Ito, por duplo 6-2, em apenas 60 minutos.

Richard Gasquet, atual 28.º classificado da hierarquia mundial, esteve em bom plano frente ao jovem Lucas Pouille, número 115 do mundo. O jogador de 28 anos, que anda em busca de um título desde finais de 2013, ainda perdeu um jogo de serviço mas precisou de apenas duas partidas – 6-3 e 7-6(6) – para avançar para os segundos quartos-de-final da temporada.

Problemas diplomáticos estiveram na base da desistência de Jaziri

Um caso insólito aconteceu esta tarde em Montpellier. Malek Jaziri, 65.º ATP, estava num bom caminho para defrontar o israelita Dudi Sela nos quartos-de-final depois de ter vencido a primeira partida, por 6-3, frente a Denis Istomin.

Contudo, pesou na consciência a última vez que o tunisino havia defrontado um jogador natural de Israel, algo que levou a Federação a suspendê-lo por seis meses, e retirou-se do encontro no evento francês, cedendo a vitória ao uzbeque.