Fritz e De Minaur convencem entre a chuva e Carreño regressa com derrota

Por José Morgado - Maio 28, 2024
fritz-rg

PARIS. FRANÇA. Taylor Fritz, número um dos Estados Unidos, e Alex De Minaur, melhor tenista da Austrália, tiveram de esperar muitas horas para finalmente entrarem em campo esta terça-feira em Paris, mas assim que fizeram conseguiram exibir-se a bom nível rumo à segunda ronda de Roland Garros.

O norte-americano, número 12 do Mundo, ainda teve uma entrada em falso diante do argentino Federico Coria (71.º), mas virou para vencer por 2-6, 6-1, 6-2 e 6-1, ao passo que o australiano, 11.º da hierarquia masculina, atropelou em menos de duas horas o norte-americano Alex Michelsen (60.ª), por 6-1, 6-0 e 6-2 — um dos resultados mais expressivos de todo o torneio até ao momento.

Na segunda ronda, Fritz tem encontro marcado com o sérvio Dusan Lajovic e De Minaur vai defrontar o espanhol Jaume Munar.

E por falar em espanhóis, Pablo Carreño Busta, ex-top 10, competiu pela primeira vez em 2024. O regressado espanhol ainda entrou bem, mas acabou derrotado por Mariano Navone (31.º ATP), por 5-7, 6-1, 6-3 e 6-1.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt