Federer não gostou de levar warning por obscenidade. «Pelos vistos a juiz de linha percebe suíço»

Por José Morgado - Janeiro 28, 2020
federer-umpire

Roger Federer viu um raro warning no seu encontro dos quartos-de-final do Australian Open devido a uma obscenidade audível ouvida por uma das juizes de linha do fundo do court. O suíço de 38 anos não gostou da situação, até porque considerou ter falado baixo e numa língua que não é perceptível para a maioria das pessoas.

“Achei duro, porque ninguém ouviu aquilo que eu disse. Não acho dramático que ao fim de tantas horas em court possamos ter uma reação de frustração. Acontece. Foi um misto de inglês e suíço, mas parece que a juiz de linha percebe suíço”, desabafou o tenista helvético em conferência de imprensa.

Federer lamentou ainda que não tenha podido dialogar com a juiz de linha. “Antigamente eles falavam connosco, mas agora parece que não. Perguntei-lhe o que tinha ouvido e ela recusou-se a responder-me. Disse-me para ir falar com a árbitro. Foi o que fiz.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.