Coco Gauff: «Caí na armadilha de acreditar que ia ser a próxima Serena»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 1, 2022

Coco Gauff é uma das grandes figuras de Roland Garros, já que, aos 18 anos, se encontra nas meias-finais. A jovem norte-americana traça as diferenças e destaca o crescimento mental que tem tido no circuito, considerando isso fundamental para dar passos em frente.

FELIZ PELO GRANDE MOMENTO

Sinto-me super feliz, estou muito contente com o nível que mostrei, tanto em singulares como em pares. Foi um dia bom para mim. Tratei o encontro como se fosse só mais um e no ano passado estava muito centrada na linha da meta. Agora já não vejo mais nada que não a bola que vem na minha direção. Vou abordar o próximo encontro da mesma maneira. Importo-me com os resultados mas ao mesmo tempo não. Agora sei que dou tudo em court, não fico chateada.

MENTALMENTE MAIS FORTE

Cada vez que entro em court tento dar o meu melhor, luto por cada ponto. Se as coisas não saem como quero, tento analisar logo depois do encontro e descobrir o que preciso de melhorar. Sinto que muitas das minhas derrotas no passado foram por erros mentais por falta de adaptação ao circuito e falta de jogar encontros intenso. Agora estou no lugar certo mentalmente, sei que se perder não será por isso.

COMPARAÇÕES

Quando entrei no circuito, até quando tinha 8 ou 9 anos, muitos me disseram que ia ser a próxima Serena e coisas assim. Caí na armadilha por acreditar nisso. É importante que tenhas grandes expectativas em ti mesma, mas ao mesmo tempo tens de ser fiel à realidade e saber onde estás. Agora estou a desfrutar cada momento. Lembro-me que outras vitória que me levaram à segunda semana de um Grand Slam, como contra a Naomi no Australian Open, me deixaram feliz, mas não tão feliz. Agora aprecio cada vitória e cada derrota.


Transmissões de todos os jogos de Roland Garros é na betano.pt! Se és fã de ténis e queres acompanhar de perto o maior torneio de ténis francês, clica AQUI. Entra na Missão Roland Garros Betano, aposta e ganha com os teus dotes de adivinhação. Para isso, só tens de fazer uma aposta múltipla (3 ou mais seleções) no torneio, com o valor mínimo de 5€. Caso percas a aposta, recebes 50% do valor apostado até 20€.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.