Borg vs. McEnroe: o encontro que virou filme aconteceu há 40 anos

Por Bola Amarela - Julho 5, 2020
borg-mcenroe

5 de julho. Faz este domingo precisamente 40 anos que John McEnroe e Bjorn Borg se defrontaram naquele que é, para muitos, o melhor encontro de ténis da história. O sueco venceu por 1–6, 7–5, 6–3, 6–7(16–18), 8–6 — o tie-break do quarto set é muito provavelmente o melhor de sempre — e qualidade do ténis praticado (e da rivalidade) deu mesmo origem a um filme, lançado em 2017.

O conflito retratado no filme não é apenas entre dois tenistas no topo de sua forma, mas entre duas concepções de jogo que servem, cada qual, como metáforas para duas visões do Mundo. Bjorn Borg era, aos 24 anos, o maior desportista sueco do seu tempo. Já era quatro vezes campeão em Wimbledon, com um jogo cerebral e meticuloso que lhe valeu apelidos como “a máquina” ou “Iceborg”. McEnroe era o seu oposto: um americano passional que explode em campo, mete-se com o público, provoca adversários e reclama com os árbitros como se fosse um fã. Com 20 anos, chega ao torneio como o principal candidato a desafiar Borg.

Bola Amarela